Aqui sempre se fez assim…mas é necessário inovar!!!!!

16 dez
facebooktwittergoogle_pluslinkedin

O que este tema pode instigar? O que pode provocar em nossas reflexões? Por que inovar? Por que sair do status quo? O que nos motiva indagar sobre nossas próprias atitudes, hábitos e vícios comportamentais? É simples mudar? O que nos motiva mudar? Teremos resistências…internas, e/ou externas?

aaaaaxTodos estes questionamentos podem ser considerados provocações, no propósito de que entendamos o que as exigências de nosso público-alvo, cidadãos de nossa comunidade e fiéis contribuintes esperam daqueles que exercem funções públicas? Será que a expressão “Servidor Público”, simboliza não só um título, um cargo, uma função, mas uma natural serviente ação, que o cidadão espera, e quem nem sempre recebe?

Como consultor e palestrante, tive a oportunidade, por algumas ocasiões, de levar esta contundente reflexão a vários profissionais da área pública. Seja em cursos, palestras, ou simples diálogos em momentos informais. E, em todas as circunstâncias, obtive reações que beiravam a perplexidade, ao mais genuíno sentimento de constrangedora responsabilidade. Nem sempre muito clara até então.

Os Servidores Públicos, como todos os profissionais de quaisquer esferas, públicas ou privadas, precisam lapidar permanentemente suas competências. Reforçar continuamente seus valores essenciais, como a ética, disciplina, comprometimento, contínua busca para a qualidade de suas ações… Adotar boas maneiras, como gentileza, cordialidade, diplomacia, etiqueta. Ampliar e atualizar seus conhecimentos, para que eles possam ser compartilhados e agregarem valor às pessoas, a partir de suas vivências e maturidade na função. Desenvolverem, continuamente, suas habilidades inerentes ao cargo que ocupam, bem como renovarem suas atitudes, a fim de serem respeitados, admirados por seus pares, cidadãos e todos que, de alguma forma, possam lhes ver como uma referência competitiva.

Texto elaborado por:
Marco Antonio Peruzatto – Administrador e Consultor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *