Turismo: uma oportunidade para os Municípios – Como implantar a política de turismo municipal

27 dez
facebooktwittergoogle_pluslinkedin

Apesar da crise econômica que assola alguns países desde 2008, o turismo segue crescendo, movimentando mais turistas e, consequentemente, contribuindo com o desenvolvimento econômico e social de muitos destinos. Cada vez mais, as pessoas veem o ato de viajar como um dos valores mais sagrados no mundo atual, um novo ideal de vida.

Neste contexto, a responsabilidade dos destinos turísticos é ainda maior, haja vista que a expectativa do visitante é de ter uma experiência relevante para a vida. Mais do que contemplar, ele quer interagir e participar da comunidade que o acolhe. Não basta mais comer o pão, ele quer participar de uma oficina onde aprenda a fazê-lo; não basta mais degustar um vinho, ele quer saber de onde vem e como é elaborado; não é suficiente visitar uma propriedade rural, ele quer trabalhar nela, por a mão na terra.

Os destinos turísticos, para acolherem este turista e colherem os resultados desta alternativa às economias convencionais, precisam planejar o desenvolvimento do setor, que deve ser de forma integrada e participativa. Setor público, setor privado e comunidade devem interagir organizadamente na busca de um desenvolvimento sustentável da atividade. É preciso que toda a cidade esteja em harmonia

Também é fundamental conhecer a demanda. Em torno de 80% do fluxo de turistas que visitam locais no Rio Grande do Sul é “particular”, ou seja, não viaja com a intermediação de agências. Assim, além de investir na promoção em feiras e eventos que atinjam as operadoras e agências de turismo, é necessário se fazer lembrar pelos próprios turistas. Crucial é conhecer quais são os destinos emissores (potenciais e efetivos) e direcionar os esforços a estes, já que os recursos são cada vez mais escassos e as demandas cada vez maiores.

Planejar, agir, trabalhar, integrar, capacitar, promover e monitorar. Estes são verbos fundamentais no desenvolvimento do turismo. Para que o gestor público tenha sucesso no desenvolvimento do turismo será fundamental entender a dinâmica das políticas públicas para esta área, além de muita articulação e trabalho.

 

Ivane Maria Remus Fávero

Turismóloga e Colaboradora do IGAM

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *